sábado, 16 de Junho de 2007

Comer em Madrid

Comer bem e barato em Madrid não é uma tarefa árdua. Existem diversos restaurantes para todo o tipo de gostos e carteiras.





Os espanhóis são um povo que toma o pequeno almoço até as 12h30, almoça por volta das 14h e janta só por voltas das 21h30.



Por isso se dormir até um pouco mais tarde não se preocupe que existem vários locais na cidade cujos menus de desayuno (pequeno almoço) são servidos até tarde.
Os menus custam cerca de 3€, variam entre o croissant e a meia de leite ou os mais pesados com tortillas, bacon, etc, e acredite que se optar por isto não vai querer almoçar!


A Gran Via (zona central de Madrid) é o local das grandes cadeias de fast food que não podem faltar em nenhuma cidade do Mundo.
Os preços não diferem muito de Portugal (apenas mais caros cerca de 1€).

Se prefere comer de faca e garfo então entre no VIPS.
É uma cadeia especializada em carnes e o prato mais barato custa 5€.
Aqui puderá comer um bom hamburguer, uma boa dose de bife ou algo mais leve como uma salada.
As porções são muito bem servidas e o preço justo. O único inconveniente é mesmo o tempo de espera. No entanto isso é a prova que a refeição é preparada na altura.
Existem menus disponiveis para o almoço e jantar que rondam os 9€ por pessoa.
Vá até ao Vips da Gran Via e opte pelas mesas do 2ª andar. Vale a pena pelas vistas.
E está aberto até as 2horas da manhã.


Outra cadeia de restaurantes muito usual em Madrid é a Fresc&Co.
Por 8€ pode comer um buffet de saladas, pizzas, pastas com 1 bebida incluída e 1 sobremesa à escolha.
Existem diversos espalhados pela cidade, mas o da Gran Via encontra-se numa rua secundária perto da loja de roupas H&M.
É fácil de se ver o símbolo verde da entrada da rua.


Outro restaurante de buffet por 9€ que aconselhamos é o Restaurante Diamantino. Fica na rua da estação da Atocha e o buffet deixa escolher carnes, peixes, saladas, pastas, pizzas, paellas, etc.
As crianças até aos 9 anos pagam menos, cerca de 7€.

Comer paella, pelo menos da boa, em Madrid é uma tarefa quase impossível.
A maior parte dos restaurantes que oferece este prato no menu deixa adivinhar que se trata de paella de marcas de comida pré congelada, daí a raridade da existência de paella fresca em Madrid. Evite a todo custo comer em restaurantes que publicitam a paella sobre o símbolo de uma marca de comidas.
Nos poucos restaurantes de paella fresca aproveite mas só se gostar de paella de frango.
Embora publicitem nos menus paella mista apenas encontrará frango e um camarão.

Se pretende comer algo mais típico então sugerimos o Museo del Jamon. Existem espalhados por toda a cidade sendo que a melhor zona para comer é na zona do Museu do Prado.

O restaurante tem um cheiro forte a presunto, o que não é de admirar já que a decoração é feita de presuntos pendurados e queijos nas montras.
Nestes restaurantes, que mais parecem um mercado de enchidos, pode petiscar desde bocadillos (sandwiches), a pratos combinados de batata frita, calamares, bife, etc. Os preços variam entre os 9€ por pessoa.


Um local que recomendamos, e este sim não pode perder, é a Pizzeria Vesúvio. É o genuíno sabor italiano em Madrid. É Fenomenal...perdão...Divinal!!
Fica à saída do bairro da Chueca, pergunte onde, perto do Hotel Senator Gran Via - Calle Hortaleza.


Uma pizza individual ou uma lasagna (feitas mesmo á sua frente) custam entre os 4€/5€ e sai de lá com vontade de ter barriga para mais. Absolutamente fantásticas.


O restaurante é fácil de encontrar pois tem uma janela para take away onde são frequentes as filas de espera. O restaurante é minúsculo, cabem cerca de 15 pessoas mas muito limpo e fresco. Não se esqueça de provar o pão de alho.
Encerra as 16 horas e reabre as 19 horas até perto da meia noite.


Se vai visitar a Feira do Rastro que acontece todos os domingos então procure uma lojinha de frangos que serve um take away fantástico e super barato. Imagine-se a conhecer a feira e a comer umas asinhas de frango excelentes por menos de 3€. Fica perto da saída de metro Embajadores.

Se o que gosta mesmo é de comer em contacto com a natureza pode sempre optar por cozinhar ou criar as suas próprias sandwiches e fazer um piquenique em frente ao Palácio Real ou no Parque do Retiro.
Existem vários supermercados no centro da cidade e a preços bastante acessíveis.

Sem comentários: