sábado, 24 de novembro de 2007

Como se deslocar em Veneza


Veneza não é uma cidade muito grande (45 minutos a pé devem chegar para atravessar a ilha desde a Piazzale de Roma até à Praça de São Marcos) nem de difícil orientação mas é labirintica o que nos pode trazer alguma confusão.

Para conhecer Veneza não deve existir melhor forma que fazê-lo a pé, já que nos permite liberdade de movimentos e paragens, para além de ser sempre a forma mais económica.
Em Veneza o encanto de conhecer a cidade a pé é deixarmo-nos perder e assim podermos observar mais facilmente o estilo de vida dos venezianos.
Veneza é uma cidade bastante pedonal e é possível encontrar imensas pessoas percorrendo a cidade a pé desde as 9h da manhã até pelo menos ás 23h.

A menos que esteja disponível para se perder imensas vezes por dia o ideal é que transporte consigo um mapa que pode comprar em qualquer quiosque à chegada à cidade por uns meros 3€.


Apesar da sinalização ser frequente e explícita para as principais atracções existem muitas ruinhas que lhe podem causar um ligeiro arrepio devido à pouca movimentação de pessoas e ao total isolamento de outras artérias principais.

Seja como for não se preocupe, pois os assaltos são muito pouco frequentes na cidade e o máximo que deverá acontecer é cruzar-se com outro turista perdido, achado numa viela.
É também provável que se meta por ruinhas que à frente vai verificar que não tem saída...
De qualquer das formas perdido ou não todos os caminhos deverão ir dar à Praça de São Marcos.



Percorrer a cidade a pé permite-nos parar para molhar os pés no adriático e observar com tranquilidade o cruzar das gondôlas.
É ainda demasiado frequente encontrar fontes de água sempre potável e encher a nossa garrafinha de plástico.
Os venezianos orgulham-se de terem fontes de água limpissíma e de confiança, sempre fresca, espalhadas pela cidade.



Para uma melhor orientação clique no mapa em baixo para ampliar e imprima para levar consigo na sua jornada em Veneza, já que este mapa oferece-lhe uma vasta ideias das casas de banho, todas a pagar (pontos a amarelo) dos supermercados (pontos a vermelho) e dos espaços verdes existentes (pontos a verde).

Apesar de ser a pé a melhor forma de conhecer a cidade existem outras possibilidades, até mesmo para quem queira conhecer outras ilhas da laguna, e aí o "Vaporetto" ganha destaque.
O Vaporetto é o nome do barco de transporte colectivo que se utiliza em Veneza e é quase a forma mais barata de flutuar nas águas de Veneza.
A companhia italiana que os gere é a ACTV.

Muito se tem dito sobre os preços praticados pelos bilhetes de Vaporetto, mas uma vez mais o Europe Calling vem trazer a certeza sobre os preços destes barcos aquáticos.

Para começar o tempo ideal para conhecer Veneza serão 3 a 4 dias, não mais e se possível nunca menos.
Durante este tempo tente estabelecer os dias em que vai utilizar o barco e dias em que só vai andar a pé, poupando assim desta forma.
Por exemplo experimente andar o primeiro ou os primeiros dois dias a pé a conhecer a cidade e a explora-lá da melhor forma possível. Provavelmente nos dias seguintes já sentirá algum cansaço e então aí aproveite para comprar o passe para utilizar o Vaporetto e conhecer as ilhas vizinhas como o Lido (palco do Festival de cinema de Veneza e das praias) ou Murano (famosa pelo fabrico de peças de vidro).


Em relação aos preços, "navegar" por Veneza não é nada barato.
Um bilhete de 60 minutos permite-lhe usar o barco nos 60 minutos seguintes a ser comprado, com saídas pelo meio se pretender, para qualquer destino (excepto Alilaguna, Clodia e Fusina). No entanto numa nova utilização terá de seguir a linha do barco para a frente e nunca para paragens anteriores.
Este bilhete, permite o transporte gratuito de uma mala de 150cm, e custa 6€.

Os bilhetes podem ser comprados em qualquer quiosque da empresa junto das paragens.
Se por alguma razão não adquiriu o bilhete antes de entrar, peça um dentro do Vaporetto ao "marinaio" (marinheiro/cobrador).


Um bilhete turistíco de 12h é igual e obedece às mesmas circunstâncias do anterior, modificando apenas o tempo de utilização do bilhete.
Custa 13€ e é provavelmente o mais indicado para uma utilização diária em Veneza, pois das 9h da manhã ás 21h será suficiente para se deslocar no Vaporetto.

Os bilhetes seguintes são de 15€ (para 24h de utilização), 20€ (36h), 25€ (48h de utilização e a melhor opção para um fim-de-semana) e 30€ (72h).

Se for um jovem entre os 14 e os 29 anos talvez seja melhor comprar o Rolling Venice Card, um cartão que lhe oferece alguns descontos e que pode apenas ser comprado em Veneza, que custa somente 4€ e lhe permite comprar um bilhete de Vaporetto de 72h por apenas 18€, uma vez na posse deste. É um desconto significativo de 7€ (o preço normal é de 25€) e permite-lhe ainda obter descontos noutras coisas.

Se está a viajar em grupo de mais 20 pessoas (mais vantagens ainda se com mais de 65 anos) está também previsto um desconto para a linha Nº1 (desde a Piazzale de Roma até S.Marcos).
Saiba mais aqui.

Existem ainda duas possibilidades de adquirir um cartão de descontos em Veneza.
O Venice Card Blu e o Venice Carde Orange.
Ambos são caríssimos e ficará sempre ao seu critério a utilidade da sua compra.


Quanto aos barcos podemos afirmar que são verdadeiras traineiras, muito antigos e sempre com imensas pessoas no interior, ao estilo da imagem que temos em países como a Indonésia ou algo semelhante.
A entrada para o Vaporetto faz-se num cais instável mas seguro e numa verdadeira jogada de sorte. A maior parte dos turistas tem medo que os Vaporettos esgotem e não haja nenhum a seguir.
A frequência destes barcos variam em função da linha, mas a mais utilizada, para S.Marcos, deve existir de 10 em 10 minutos.
A abordagem ao cais é também algo brusca mas sempre feita em segurança.
Não se espante se vir um cais a ser transportado por um barco reboque.
É provavel que tenha de ser sujeito a manutenção.


Em jeito de recomendação e dado que é bastante difícil usar o Vaporetto com muito espaço à sua volta tenha sempre os seus bens vigiados e nos bolsos interiores da roupa ou a mochila bem fechada.
Como em todas as cidades existem individuos que só entram no transporte para "furtar".

O elevado preço dos bilhetes, do mais utilizado transporte público de Veneza, permite-nos erradicar qualquer ideia de ficar hospedado em alguma das ilhas á volta de Veneza pois irá concerteza afectar o seu orçamento.


Se vai a Veneza não vai querer perder a oportunidade única de andar de Gõndola.
A Gôndola é a forma mais elegante e dispendiosa de conhecer a cidade.
A maior parte das pessoas que sonha ir a Veneza preenche o seu imaginário com um passeio neste impressionante meio de transporte.
As Gondôlas são exactamente como todos as imaginamos mas com mais excelência e luxo.

Inicialmente projectadas como modo de vida entre os habitantes é hoje sinónimo de riqueza entre os seus utilizadores. Outrora milhares, são hoje pouco mais de algumas centenas as que perduram nos canais.
As Gôndolas são feitas de 8 diferentes tipos de madeira e compostas por 280 peças.
Cabe ao dono de cada uma decora-la ao seu estilo, porém terá sempre de manter a sua cor exterior preta.
É extraordinariamente difícil obter a licença para se conduzir uma Gôndola e apenas uma mulher em Veneza tem uma.


O preço base das Gôndolas é definido pelo governo da cidade e está fixado em 80€.
No entanto os "gondoleri" cobram sempre acima deste valor (nunca abaixo) e de nada servirá regatear.
Os turistas japoneses e americanos muito contribuem para os valores altos que chegam a ser cobrados por um passeio nestes barcos, pois aceitam praticamente qualquer valor que lhes é pedido, deixando assim pouca margem de manobra para turistas com os bolsos menos carregados.
Prepare-se para ouvir propostas dos "gondoleri" entre os 100€ e 150€ por um passeio de 45 minutos.
Este valor é válido para 2 pessoas, sendo que por 4 ou 5 pessoas o valor aumentará, mas aí também pode ser repartido por mais gente a pagar.
A partir das 20h as Gôndolas passam a ser mais requisitadas e são por isso também mais caras.

Se quiser uma viagem ainda mais inesquecível junte 200€ e terá um "cantante" na sua Gôndola a percorrer os canais consigo, enquanto impressiona com a melodia "That's Amore". Divinal.



Se não pode dar-se ao luxo de viajar sozinho ou só com outra pessoa numa Gôndola não desespere, pois a sua oportunidade ainda não está perdida.
Existem Gôndola Tours que por 35€ por pessoa permitem um passeio de cerca de uma hora na companhia de mais umas seis ou sete pessoas, na mesma Gôndola.
Pode reservar pela internet ou então junto á ponte do Rialto.


Se não tem ou não quer gastar tanto dinheiro numa gôndola, então vai adorar a opção "Traghetto".
O traghetto é um barco muito semelhante à gôndola mas que é utilizado para apenas fazer travessias entre uma margem e outra.
Como só existem três pontes sobre o Grande Canal (3.5km de comprimento) e nem sempre se está perto de uma ponte, usa-se o traghetto.
Uma viagem de traghetto dura cerca de 1 minuto mas também só custa 0.50€.
É a experiência mais parecida com uma g
gôndola, se bem com muita gente a bordo, mas também a forma mais acessível de circular nas águas venezianas.
Por vezes as travessias são tão curtas que as pessoas nem se sentam.
Existem sete paragens de traghettos em toda a cidade, procure-as.

O outro meio de transporte é o táxi aquático.
Imagine só, se em terra os táxis já são caros, quanto não custará andar num em plena Veneza.
Este meio é utilizado geralmente pelos executivos que chegam à cidade ou pelos clientes que vêm para ficar nos grandes hoteis e aconselhá-mos que se mantenha afastado de um se não quer dar cabo do seu orçamento.


De qualquer das formas tudo aqui se movimenta por água e mesmo o transporte de um doente, a celebração de um funeral ou o patrulhamento da polícia é sempre feito de barco.
Se calhar é por tudo isto que Veneza é uma cidade única...

18 comentários:

Anónimo disse...

Os artigos são bastante esclarecedores no que diz respeito a Veneza "Cidade".
Na minha viagem irei ficar alojada em Mogliano Veneto, gostava de saber se me conseguem informar como irei do aeroporto Marco Polo até lá, visto a viagem não ter transferes incluidos. E já agora...valores!
Parabéns pelo blog. Tenho a certeza que ajudará muitas pessoas a planear viagens... a mim ajudou!!

Europe Calling disse...

Boa Tarde

Antes de mais obrigado pelos elogios.
Ficamos babados com comentários destes.

Em primeiro lugar gostariamos de dar uma ideia da distância de Mogliano Veneto a Veneza.

Fica a 20km da ilha e a 13km do aeroporto Marco Polo.

Mogliano Veneto é uma pequena comunidade que pertence à região de Treviso.


Para chegar a Mogliano Veneto desde o aeroporto de Marco Polo terá de apanhar uma camioneta na direcção de Mestre.

Uma vez chegada a Mestre peça para a deixarem na estaçao de comboios que está ali ao lado.
Ai na estação poderá optar pelo comboio de Mestre até Mogliano Veneto ou apanhar uma camioneta (junto à estaçao de Mestre) na direcção de Treviso e pedir para sair em Mogliano Veneto.

Se optar pelo comboio vá na linha Veneza-Treviso e saia na estação Mogliano Veneto.

Os preços de camioneta e comboio são semelhantes por isso fica à sua escolha o comboio ou a camioneta.
Para ir diariamente para Veneza o comboio é melhor.


Para ter uma ideia, a ligação que pode fazer todos os dias para visitar a ilha de Veneza, o comboio entre Veneza e Treviso demora cerca de 20 minutos e tem muitas ligações diárias.

Custa 2.10€ de Treviso a Veneza, talvez um pouco menos de Mogliano a Veneza já que a distância é menor.

O autocarro demora 80 minutos e custa 2.70€.

Bilhetes pré comprados para o autocarro são mais baratos, custam 2€, mas terá de encontrar onde os vendem.

Tenha em conta as cidades pela sua distância

Veneza-Mestre-Mogliano Veneto-Treviso (terá sempre de sair antes de chegar a Treviso).

Esperamos que as dicas sejam utéis.

Obrigado

RENATO disse...

Os artigos são bastante esclarecedores no que diz respeito a Veneza "Cidade".
Na minha viagem irei ficar em veneza ilha, gostaria de saber como farei pra sair do aeroporto de treviso e chegar na ilha.
obrigado
e estão de parabens

Europe Calling disse...

Renato obrigado pelos elogios.

A resposta à sua pergunta está disponível na barra lateral do nosso blog no post "Como chegar a Veneza".

No entanto vamos deixar um exerto de como chegar à ilha desde o aeroporto de Treviso.

Se tiver mais alguma dúvida não hesite em comunicar-lá.

Boa Viagem e depois diga-nos algo quando chegar.

"Se a sua companhia aérea o levar até Treviso o aeroporto secundário que serve Veneza e fica na cidade de Treviso) fique a saber que este aeroporto fica situado a 30 km da cidade de Veneza e a cerca de 1 hora de autocarro (as "Low Cost" voam para este aeroporto).
Mas não se preocupe com as ligações rodoviárias entre o aeroporto e Veneza pois existe um shuttle da empresa ATVO(www.atvo.it) que o leva a um preço relativamente baixo comparado com outras empresas de shuttle ou mesmo o táxi.

Os horários do autocarro coincidem sempre com as chegadas dos voos da Ryanair. Um bilhete simples custa 5€ e de ida e volta 9€. Os autocarros são bastante cómodos e têm ar condicionado.

Existe uma banca da ATVO dentro do aeroporto onde poderá adquirir o bilhete. O autocarro encontra-se estacionado mesmo à saída do aeroporto e deixa-lo-á na Piazzale de Roma, o Terminal Rodoviário na Ilha de Veneza.
Consulte aqui os horários (http://www.atvo.it/eng/indexen.php)."

Anónimo disse...

O Europe...obrigado pela sensasional página. Se puder ajudar, tenho dúvidas. Com o ônibus ATVO leva 1 hora aproximada de viagem do Aeroporto de Treviso até o Piazzale de Roma, o Terminal Rodoviário na Ilha de Veneza? Do terminal para a praça de São Marcos qual o melhor transporte (vou estar com 1 mala) ou o ATVO passa próximo à Praça? Para ir até Murano é melhor comprar um ticket vapporeto de 60 min ou o de 12 h? obrigada pela atenção. Abraços, Helen.

Europe Calling disse...

Olá Helen.

Antes de mais obrigado pelo elogio.

Efectivamente o trajecto de autocarro desde o aeroporto de Treviso para o Terminal da ilha de Veneza são cerca de 60 minutos e é a forma mais barata de chegar a Veneza desde Treviso.

Um bilhete de ida custa 5€ e um de ida e volta 9€ ( o regresso tem de ser dentro de sete dias a contar da data em que foi comprado).



Desde a Piazzale de Roma atá à Praça de São Marcos são aproximadamente 45 minutos a pé, mas o que recomendamos no seu caso já que está com uma mala é que apanhe um vaporetto na Piazzale de Roma (existe uma paragem destes barcos públicos mesmo na Piazzale) e peça para sair na Praça de São Marcos (existe também uma paragem de vaporetto mesmo em frente à Praça).



Este trajecto pode ser feito com um bilhete de 60 minutos (o percurso Piazzale - São Marcos não deve ser superior a 25 minutos e a melhor viagem é no Vaporetto 1 (a linha 1 vai desde Piazzale à São Marcos e vai conhecer logo o Grande Canal), que custa 6.5€, (os preços já foram aumentados desde 1 de Janeiro de 2008).

No entanto depois de chegar à Praça de São Marcos e mesmo que esteja dentro dos 60 minutos e queira voltar para uma paragem anterior à Praça de São Marcos, não vai poder já que este bilhete, apesar de permitir deslocacões ilimitadas dentro dos 60 minutos, essas deslocações são podem ser feitas num trajecto para a frente e nunca para trás.



Ora a melhor solução será quase sempre, a não ser em situações muito especificas, comprar um bilhete de 12H( 14€ preço em vigor desde 1 de Janeiro).

Pense também que apesar deste bilhete custar mais do dobro que o de 60 minutos pode andar 11h mais!!! Acaba por compensar sempre.



Para visitar Murano a questão é a mesma. Se só quer ir para Murano e não vai voltar a Veneza no mesmo dia, nem andar de Vaporetto antes de ir para Murano, então o passe de 60 minutos serve e fica mais barato.



Se no entanto só quer ir visitar Murano mas tem de regressar no mesmo dia, compre o passe de 12H, e assim antes de ir conhecer Murano ainda pode fazer diversas viagens de vaporetto.

Se quer mesmo tirar algum tempo para conhecer Murano, siga a nossa sugestão, compre um bilhete de 12H, e no mesmo dia conhece Murano e o Lido, duas ilhas que só se podem visitar de vaporetto.

As 12H são suficientes para conhecer as duas, vá por nós.



Se precisar de algo mais não hesite em contactar-nso e dê uma olhada em http://callingeurope.blogspot.com/2007/10/como-chegar-veneza.html para ficar com mais algumas ideias de como chegar a Veneza.

Boa viagem e regresse com algumas dicas.

Obrigado

Sandra disse...

Ola. Eu e o meu namorado estamos a preparar uma viagem a Veneza em Agosto. Sabemos que é uma época de grande afluência e como só planeamos a estadia para 4 dias, gostaríamos de saber se existe algum "card" que nos permita entrar nos museus, igrejas, etc sem termos de aguardar nas filas, evitando desta forma perder tempo precioso para todas as visitas que pretendemos fazer. Obrigada. Sandra

Europe Calling disse...

Olá Sandra.

A verdade é que existe um Venice Card (http://www.venicecard.it/index_ita.jsp) criado pela comunidade Veneziana para os turistas obterem descontos.

Não abordamos muito o assunto porque o cartão não é muito acessível (não existe nehum cartão de 4 dias, o de 12h custa 29.90€ e o de 48h 54.90€).

Com este cartão Laranja tem acesso a todas aos transportes e ás casas de banho públicas na ilha de forma gratuita, duas vezes ao dia, ao Museu Municipal (Musei Civici Veneziani), a 16 igrejas (incluindo o Museu Judaico) e reduções em outros museus. Mas nenhum lhe garante evitar filas e ganhar assim algum tempo.

Se quiser ganhar algum tempo tente comprar online os bilhetes para todos os lugares que pretende visitar. Assim pelo menos evitará as filas para a aquisiçao dos bilhetes.

Existe ainda uma versão Azul deste cartão, ligeiramente mais barato mas com menos beneficios também.

Faça uma boa viagem e volte com mais dicas.

Obrigado

Europe Calling

Anónimo disse...

Boa noite, gostaria de saber se é possível ir à pé da praça de são marcos até o hostel Caterina House (Cannareggio 3128. Qual a melhor maneira de chegar no hostel desde o terminal Piazzale de Roma.
Muitissimo obrigada

Europe Calling disse...

Boa tarde

Veneza é uma cidade onde tudo é atíngivel a pé.

Desde o terminal de comboios até ao Hostel Caterina levará cerca de 10minutos.

Quanto à melhor forma para lá chegar é mesmo seguir o mapa pois não nos é possível dizer-lhe especificamente as direcções, como deve entender.

Mas não se preocupe pois Veneza faz-se muito bem a pé e vai adorar perder-se nas suas ruas misteriosas.

Não se esqueça é que tem de fazer o check in antes das 20h30!

Um abraço e esperamos que volte com novas dicas para nós.

Europe Calling

rui jorge disse...

ola sou o rui
pagina muito interessante.
vou em julho para veneza e ficarei no hotel ca`del moro no lido .
gostava que me informassem como sair do aeroporto marco polo para o hotel e a melhor maneira de me deslocar em veneza.
vou ficar 7 dias
PS esposa esta gravida de 4 meses
obrigado

Anónimo disse...

Boa tarde. Vou viajar para Veneza em Agosto. Vou ter carro alugado da europecar e pretendo entregá-lo em Veneza. Sabem se há algum ponto de entrega?
Somos 7 pessoas, como podemos ir para o aeroporto de treviso a partir do hotel Agli Artisti? têm valores?
O vosso blog tb aborda outros países da europa?

Anónimo disse...

Bom blog...
será que podem informar-me sobre meios de deslocação de Viena para Cracóvia e de Cracóvia para Praga e desta para veneza? talvez comboio...
Mª da Luz

Anónimo disse...

boa noite,
primeiramente gostaria de elogiar a clareza com que as innformações são colocadas. parabéns..
Gostaria de saber a maneira mais barata de ir do aeroporto marcopolo em veneza para um hotel em maestra e se os vaporetos funcionam a noite até que horário, por exemplo, para ir jantar próximo a piaza de san marco ou se é melhor jantar próximo ao hotel em maestra?

ROCKABILIO disse...

Olá!

Primeiro, parabéns pelo magnifico BLOG! Bastante esclarecedor.

Dia 25 de Setembro vou para Florença (dois dias); Siena (um dia); sigo para Roma onde vou ficar quatro dias e depois vou para Veneza dois dias. O que eu quero saber é qual é o meio de transporte mais barato para fazer a viagem de Florença para Roma e depois de Roma para Veneza, assim como, se exite algum "PASSE/TRAVEL CARD" nestas cidades para me poder deslocar durante a minha estadia e visita às cidades.

Obrigado e até breve!

marta disse...

em primeiro lugar quero dizer que aquelas explicaçoes tdas sobre veneza e sua deslocaçao estão simplesmente fantasticas, muitos parabens.
faço intençoes de ir a veneza passar 4 dias, e gostva de opiniao, kual o sitio/hotel onde fikar de modo a ter facil acesso á cidade e tb n seja mto mto caro; kuais os sitios de visita obrigatoria, akeles sitios mais marcantes.

obrigado e mais uma vez parabens

marta disse...

em primeiro lugar quero dizer que aquelas explicaçoes tdas sobre veneza e sua deslocaçao estão simplesmente fantasticas, muitos parabens.
faço intençoes de ir a veneza passar 4 dias, e gostva de opiniao, kual o sitio/hotel onde fikar de modo a ter facil acesso á cidade e tb n seja mto mto caro; kuais os sitios de visita obrigatoria, akeles sitios mais marcantes.

obrigado e mais uma vez parabens

Anónimo disse...

Olá
Estou de partida para Veneza e enem sei como não vi o vosso site antes, adorei.
Podem me ajudar, qual a melhor maneira para ir do aeroporto de Marco Polo para a seguinte morada: Allogi Agli Artisti Hotel Venice
Calle Priuli Cavalletti 99 a/b Venice 30121???

Obrigada:)