domingo, 26 de agosto de 2007

Saint-Tropez

Situado entre pequenos paraísos da Cote D'azur, a pequena vila Saint-Tropez é apenas um dos melhores locais do mundo para aqueles que procuram o hedonismo de luxo.
Aqui o importante é ver e ser visto, garantindo que não se passa despercebido..


Conta a lenda que Saint-Tropez deve o seu nome a St.Torpe, um mártir que se recusou a desistir da sua fé.
Ele foi decapitado e a sua cabeça ficou guardada num barco, barco esse que mais tarde se afogou no local onde é agora Saint-Tropez.

Saint-Tropez nasceu como cidade de pescadores e é actualmente uma Meca de ricos e famosos.
Com cerca de 5 milhões de visitantes anuais, há quem ache que este local é o Paraíso na terra.
Os jovens milionários e estrelas de Hollywood gostam de dar uma escapadinha para esta baía, durante todo o ano, com a intenção de aprofundarem o bronze e "aparecer".






Tommy Hilfiger à chegada a Saint-Tropez






Foi a partir de 1920 que Saint-Tropez começou a ganhar visibilidade internacional.
Em 1950 artistas da época tais como Picasso, Francoise Sagan, Jacques Prévert e muitos outros, descobriram a cidade e com a chegada de Brigitte Bardot a St-Tropez nos anos 60 foi o golpe final para nunca mais perder o estrelato.


Distâncias desde Saint-Tropez

Saint-Raphael 38 km
Toulon 60 km
Cannes 82 km
Nice 103 km
Mónaco 128 km
Marselha 134 km



A melhor altura para conhecer St-Tropez são os meses de Maio,Junho e Setembro. Porém se gosta de dividir o local com multidões, explore a cidade em Julho e Agosto.
Se por alguma razão vai para St-Tropez numa altura do ano diferente destas, não desanime e dê uma saltada neste Golfo. Vale sempre a pena a visita nem que esteja de passagem só por uma tarde.


Saint-Tropez é muito mais pequeno do que muitas pessoas pensam e o centro da cidade pode mesmo ser visto em poucas horas.

Comer ou comprar algo em St-Tropez não é barato, no entanto não existem apenas coisas excessivamente caras.
Saiba que comprar um souvenir da região fica bem mais barato que fazê-lo em Paris e pode-se almoçar mais em conta que um jantar em Estocolmo.
O menú do dia em alguns locais junto da marina não ultrapassa os 15€.



Como Chegar


O aeroporto mais próximo, o Toulon-Hyères, fica a 52 km.
É aqui que chegam muitos dos 9 milhões de pessoas que visitam anualmente a Cote D'Azur.
Não existem voos directos de Portugal.

Se preve chegar a St-Tropez de carro esta dica é obrigatória.
Não use a estrada para Saint-Tropez entre as 10H da manha e as 17H da tarde.
Não, não é o horário de trabalho.
É simplesmente a aventura para chegar a Saint-Tropez.
É impossível faze-lo nesta altura do dia (quase todo o dia) e vai influenciar negativamente a sua opinião da cidade.Durante practicamente todo o dia a estrada torna-se num passeio entediante à velocidade de uma caminhada de alguém já reformado.
Por isso procure chegar bem cedo à baía de St-Tropez ou vai tornar a sua visita num pesadelo a não repetir.

Se chegar a cidade de carro e não pretender ficar hospedado aqui, então estacione num dos diversos parques existentes e prepare-se para pagar 2.20€ por hora.
Se preferir deixe-se multar!! A multa são uns meros 11€, o mesmo valor de 5 horas de estacionamento.

Tenha também em atenção as motas que se deslocam desenfreadamente por entre os carros parados no trânsito, sem matrícula (situação recorrente em toda a Riviera), de forma a evitar acidentes=fugas!

Existem outras alternativas, como a possibilidade de utilizar uma camioneta, que parte da Gare Routière de St-Raphael para St-Tropez. As viagens podem levar de uma hora e meia a 3 horas, dependendo do trânsito, caótico no verão. O bilhete custa 11€.

A estação de comboio mais próxima está também situada em St-Raphael. De lá, barcos deixam o Gare Maritime de St-Raphael, na Rua Pierre-Auble, e demoram cerca de 50 minutos para chegar a St-Tropez. O valor é de 12€ ida ou 21€ ida e volta.


Onde Ficar

Se não se importar de ficar fora do centro de St-Tropez temos para si algumas escolhas mais em conta a poucos quilómetros.

O Hotel Les Jardins de Sainte-Maxime é um hotel de 3 estrelas que fica situado no golfo de St Tropez em Saint Maxime.
Daqui forma-se uma enorme baía onde poderá contemplar a beleza da costa. Fica a 5km do centro de St Tropez.
Um quarto duplo custa cerca de 87€ (com vista para a montanha) e 143€ (com vista para a piscina).
Não inclui imposto municipal.
Confira este site para verificar se existem promoções.

St-Maxime é uma zona espectacularmente agradável e igualmente agitada, mas bastante mais barata que Saint-Tropez.

Se não tem dinheiro para ficar em quartos como este siga as nossas sugestões e instale-se em St-Maxime, a apenas 25 minutos de carro de St-Tropez.


Em St Maxime existem muitos parques de campismo com preços acessíveis.
Não são propriamente baratos mas têm de ter em atenção que está na Cote D'Azur.

O Camping Les Cigalons tem 2* e aceita animais de estimação.
Por 14€ duas pessoas já podem usar o campismo, com tenda própria, nos meses de Junho ou Setembro.
Se escolher os meses de Julho e Agosto estes valores sobem para os 21€ por pessoa.
Verifique no site as outras opções existentes.

O Camping La Beaumette é um espaço de 2* e por apenas 21€ em época alta podem ficar alojadas 1 ou 2 pessoas, colocar o carro no interior e usufruir da piscina sem pagar mais por isso.
Tem apenas de trazer a sua própria tenda ou caravana.


Se preferir tem ainda à sua disponibilidade as Mobile Homes, casas pré fabricadas com dois ou mais quartos para 4, 6 ou 8 pessoas por 600€ por semana.

Se não abdica de ficar em St-Tropez então tente reservar o campismo da cidade.


Verifique no site os preços e a disponibilidade.

Se vai de férias com amigos ou tem algum dinheiro extra para poder alargar os seus horizontes, então alugue uma destas mansões no site da Homelidays.


Por 2000€ por semana, por vezes menos, é possível utilizar excelentes apartamentos em redor de St-Tropez.

O Que Ver

St-Tropez e Cote d’Azur são sinónimos de praias fantásticas e águas quentes do Mediterrâneo.
As mais conhecidas são as Bouillabaisse Beach, Tahiti, Caneliers, Moorea, Kont-Ki e Voile Rouge onde poderá avistar os ricos e famosos nos seus iates.



Ao contrário do que se pensa não existem praias no centro de St Tropez. As melhores praias situam-se na Baía de Ramatuelle, a poucos quilometros da cidade, mais especificamente na zona de Pampelonne.

Existem cerca de 40 praias privadas cujos preços variam entre os 30 e os 50€. Não é propriamente barato, mas veja o lado "positivo" da questão. Tem ao seu dispor guarda-sol, cama, massagens, jacuzzis, etc. Pode sempre optar pela praia pública só que tem de chegar cedo para conseguir lugar já que a extensão das praias públicas é pequena e enchem rapidamente.

A praia mais conhecida é a Tahiti, que tornou famosa a actriz Brigitte Bardot e a vila de St Tropez.
Apanhe a estrada D93 e cerca de 6km depois irá encontrar acessos à praia.







Confira o link com os preços e actividades oferecidas nas praias.





Mas não é só de praias que St-Tropez é feito. Aqui também pode visitar museus e mercados.
Se gosta de mercados de rua então não perca todas as manhãs bem cedo na Place aux Herbes, um pequeno mercado onde poderá comprar fruta e legumes frescos, cheirosas flores e se gostar, compre um peixe acabado de pescar.

Também todas as terças-feiras e sábados acontece um Mercado na Place de Lices.

Se visitar St-Tropez entre Maio e Junho (época ideal para conhecer a verdadeira essência de St-Tropez sem o aglomerado de paparazzis em busca da foto escandalosa) poderá assistir às Bravades, uma cerimónia religiosa que inicia em Maio e termina a 15 de Junho.

Se gosta de visitar museus então St Tropez tem 3 para si.
O Musée de L’Annonciade tem obras de Matisse, Vlaminck, Signac entre muitos outros.

Depois tem o Museu Naval de La Citadelle. Tal como qualquer museu maritimo aqui poderá ver vários objectos relacionados com a arte naval e com a história do porto de St Tropez.

Se aprecia borboletas então este museu é para si. É o Museu des Papillons.

Existe um passe para entrar nos 3 museus e que custa cerca de 8€. Estão à venda nos Postos de Turismo.

Noite e St-Tropez podiam ser a mesma palavra.
Grande parte da agitação de St-Tropez, ocorre ao final da tarde no porto, mais propriamente no Sénéquier, um café restaurante ponto de encontro.

Mas a noite é marcada pela exclusividade e selectividade.
E assim sendo os espaços nocturnos não ultrapassam a lotação de 700 pesssoas.
As Caves du Roy, o Papagayo ou o Hotel Byblos são as mais antigas discotecas.
Recentemente a VIP Room tem vindo a ganhar algum terreno paras as anteriores, tlavez devido à excelente gerência de Jean Roch.

Nas Caves du Roy, o Champanhe Don Perignon custa cerca de 15.000€!!
Só mesmo ao alcance de umas quantas pessoas.
Mick e Bianca Jagger casaram aqui.
Se ainda assim estiver a pensar conhecer as Caves du Roy irá conhecer o Hotel onde este espaço está inserido o exclusivíssimo Hotel Byblos.
Percebe-se isso pelo seu parque de estacionamento.


Se for à VIP Room pode ser que encontre Armani, Paris Hilton, ou mesmo os Beckham.


Aceite as nossas dicas e parta numa viagem pela vila frequentemente apontada como um local de exageros, quer a nível da moda, de gastos e de custos.
Nós gostamos de pensar que este local é mais uma zona de menos..
Menos pudor, menos stress, menos horários, menos roupa...

3 comentários:

Rodrigo Purisch disse...

Hedonismo de luxo...

Estava precisando de um desses!

Adriana disse...

eu também preciso =X

Nathália disse...

aaaaaaah eu também quero!